Segunda-feira, 23 de Abril de 2012

Sobre o lançamento do livro de Liduino Borba - "1958 - Tragédia na Serreta"

Ponta Delgada , 21 de Abril de 2012 in www.azores.gov.pt

Agenda do Governo Regional dos Açores para 22 e 23 de abril

DOMINGO, DIA 22:

16H00 - O Secretário Regional do Ambiente e do Mar, Álamo Meneses, está presente, em representação do Presidente do Governo, no lançamento do livro 1958 Tragédia na Serreta, da autoria de Liduino Borba.

Local: no salão da Sociedade Filarmónica Recreio Serretense, na Serreta.


Apraz-me registar, com efeito, que este dia foi mais um marco histórico para a freguesia da Serreta e decorreu da melhor maneira possível com a apresentação do livro e com as palavras proferidas pelos membros da mesa, muito bem decorada.

Na mesa de honra, estavam presentes, para além do representante do Presidente do Governo Regional, Dr. Álamo Meneses, que fez o discurso final, o apresentador do livro, Ildeberto Rocha, o autor do livro, Liduino Borba, o presidente da Junta de Freguesia da Serreta, Sérgio Cardoso, o presidente da Sociedade Filarmónica, Emanuel Coelho e eu, Rosa Silva, que a convite de Liduino Borba escrevi o prefácio do livro.

GACS


Eu tinha o "discurso" preparado, por escrito, mas por um contratempo não levei o papel comigo. Fiz uma espécie de improviso, sem quadras nem rimas, mas sentido.

As palavras proferidas pelo Dr. Álamo Meneses foram do melhor, para o momento, e apreciei imenso. No blog "Notícias dos Açores" podemos captar alguns tópicos do mesmo, entre outros sítios que divulgam a efeméride:

O Secretário Regional do Ambiente e do Mar manifestou hoje, na Serreta, ilha Terceira, a satisfação do Governo Regional por, “um pouco por todas as ilhas”, editores privados estarem a contribuir para “fixar a memória nossa colectiva”.

Depois teve lugar a atuação da Filarmónica Recreio Serretense que nos encantou com suas melodias e passo-dobles, iniciando com o Hino da Filarmónica e finalizando com o Hino de Nossa Senhora dos Milagres, também cantado por Hernâni Silveira e Helena Costa.

"Senhora da Serreta, rogai por nós!" é o lema que enfeita as alegrias e/ou tragédias de um tempo que se faz tempo.

Bem-haja a todos os que contribuem para a cultura e história da freguesia, da ilha e da Região Autónoma dos Açores.

Rosa Silva ("Azoriana")

índice temático: , ,
publicado por Azoriana às 08:20
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Abril de 2012

A 22 de abril, na Sociedade Filarmónica da Serreta


índice temático: , ,
publicado por Azoriana às 22:26
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Março de 2011

Convite versátil

Clique na imagem para ler o Convite

 

 

«Serreta na intimidade»
É o livro a ser lançado
Dia 2 na Sociedade
Com festa apresentado.
 
Lá vou eu voando em cena
Do virtual para o real
Por enquanto estou serena
Por enquanto estou normal.
 
Só espero não faltarem
Ao dia mais ansiado
Para lá me procurarem
Para o livro autografado.
 
Sei que isto não é promessa
Nem tão pouco brincadeira
Mas que seja uma remessa
De livros pla ilha inteira.
 
E que não seja pecado
Esta minha intenção
Porque o livro é dotado
De cenas do coração.
 
Rosa Silva
publicado por Azoriana às 13:23
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Março de 2011

Serreta na intimidade (Chegada)

O livro está pronto!
publicado por Azoriana às 13:34
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010

O livro da Azoriana, uma realidade

Todos sabemos que a crise toca a todos, mais uns que outros, mas é geral.  Pese embora essa fatalidade, há muito que venho sonhando com a publicação de um livro onde constem as rimas do meu sentir ilhéu, com especial dedicação à freguesia natal e em homenagem póstuma à minha mãe, que sempre me alertava para que apregoasse o que a Serreta tem de bom e de devoto.

 

Se a Serreta está na internet idolatrada, deve-o ao pedido incansável da minha mãe que, após a sua partida, continuou a estar ativo através de mim. E ainda bem que a Serreta não ficou na internet só por ter um vulcão que fez outra espécie de romaria para verem se ele explodia ou dormia.

 

Posto isto, vou ao que interessa: O livro está praticamente pronto. Ocorreu-me a ideia de te (vos, lhe) pedir ajuda para a edição. É simples. Se aceitar (es, em) a inscrição com pré-pagamento, à confiança e sob compromisso de honra, ficará o livro apto a ser editado e de certeza que há direito a um (ou mais). O preço é de 15 euros mais os portes nacionais ou internacionais. São cerca de 200 páginas com capítulos de prosa e escritos em rima, acompanhados de imagens. A prosa é nova e com algumas revelações.

 

O Dr. Fagundes Duarte, o Dr. Victor Rui Dores e o organizador e também escritor Sr. Liduíno Borba, deram o seu contributo para a efetiva concretização de um sonho que venho acalentando desde que dei largas à imaginação pela escrita frequente desde a criação do blog terceirense Azoriana / Açoriana, de 9 de Abril de 2004. Se este gosto vier à tona, ficarei eternamente grata a quem me proporcionar a realização do livro.

 

(O gosto concretizou-se, o sonho realizou-se. Deixo-vos umas quadras e tercetos que reformulei motivada pela alegria deste bom passo dado.)

 

Rimas do sentir ilhéu

Não me deixaram morrer
Sem um livro, permanente,
Que sinto e posso ter
Na mão, sorrindo na mente.

 

Agradeço a vossa ajuda
Que na certa me conforta
A caridade nos acuda
E entre em qualquer porta.

 

“Serreta na intimidade”
Com um toque de saudade
É um livro original.

 

São rosas que vêm do céu,
Rimas do sentir ilhéu
No canteiro ideal.

 

Rosa Silva (“Azoriana”)

publicado por Azoriana às 08:05
link do post | comentar | favorito
|

nota de abertura

Neste espaço residem pequenos fragmentos da alma serretense.
Um residente classificou-a como sendo fresca no clima e quente na hospitalidade. É, sem dúvida, uma freguesia fresca, pequena mas com uma grande alma.

É um "Cantinho do Céu", como a autora lhe chamou num dos seus artigos, já publicados no blog original "Azoriana / Açoriana".
Sob o pseudónimo de Cidália Miravento e na capa de "Azoriana", Rosa Silva vai reunindo coisas suas e de outros no intuito de divulgar a freguesia que lhe deu berço - SERRETA.

Bem-vindo à Serreta, a freguesia de Nossa Senhora dos Milagres, do concelho de Angra do Heroísmo, ilha Terceira - Açores.
in DI Domingo. Foto de António Araújo

índice temático

a biografia

blogs

da azoriana

in palavras açorianas

jornais e revistas

listas

livro

logo_150_anos

ofertas

outras páginas pessoais

outros autores

página pessoal

serreta

serreta na intimidade

todas as tags

Usuários online usuários online

imagem do cabeçalho editada por DJDiniz

Livro de visitas
Guestbook

selo

Azoriana/Açoriana (II)
Azoriana/Açoriana (II)
@ 2006 - Código

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)

ir para / go to:

Sobre o lançamento do liv...

A 22 de abril, na Socieda...

Convite versátil

Serreta na intimidade (Ch...

O livro da Azoriana, uma ...

últ. comentários

Muito obrigada Maria João. Bjs
Vejo que continuas a cantar a tua terra, como ning...
Passei por aqui e fiquei gostoso deste blog notici...
Lindo poema! A Última quadra, é de uma beleza e se...
E hoje tive o prazer de cumprimentar o neto do fad...
blogs SAPO

subscrever feeds