Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Serreta - Angra do Heroísmo

Os escritos são laços que nos unem, na simplicidade do sonho... São momentos! 09/04/2004. Terceira - Açores

Serreta - Angra do Heroísmo

Os escritos são laços que nos unem, na simplicidade do sonho... São momentos! 09/04/2004. Terceira - Açores

19
Jan12

Serreta da ilha

Rosa Silva ("Azoriana")
Trago a Serreta ao peito
Coroada de mansidão
Quando acordo e me deito
Rezo apenas uma oração

Obrigada Virgem Mãe
Por me dares mais um dia
E também todo o bem
De não ter vida vazia.

Pelos três filhos criados
No lar da minha afeição
Sejam sempre abençoados
E livres de aflição.

Que todos os meus parentes
E os amigos de verdade
Estejam sempre presentes
Plenos de felicidade.

Rosa Silva ("Azoriana")
18
Jan12

Na Serreta fui (e sou) feliz

Rosa Silva ("Azoriana")

"Terceira que Deus te guarde!"
É o grito mais feliz;
Mesmo sem fazer alarde
Mata e Velho Chafariz...


Voltei ali espontânea
Numa pesquisa que fiz
A imagem conterrânea
Deixa-me sempre feliz.

E por gostarem da Serreta
Fá-la ser de todos nós
Não lhe tirem a tabuleta
Vem do tempo dos avós.

Ó Serreta tão querida
Como tu não há igual
És centro da nossa vida
Serreta de Portugal.

Rosa Silva ("Azoriana")

 

P.S. Comentário em "O Arrumário" - Mata da Serreta

18
Jan12

Da Terceira para Leiria (carta para um amigo de lá)

Rosa Silva ("Azoriana")
Olá caríssimo amigo leiriense!
 
Escrevo estas mal notadas linhas para lhe desejar boa saúde e alegria. Até pareço a minha falecida avó que quando escrevia uma carta à sua irmã emigrada na América, se sentava junto a um estrado de madeira que ficava à janela da cozinha, em frente àquele mar inteiro e belo que parecia subir até à vizinha ilha Graciosa, e se munia da respetiva folha de papel específica para aquela feliz tarefa. Então, sempre que possível (e não era nada fácil ter gente à volta dela durante esse ato de saudade) espreitava a cortesia e as letras refinadas e bem desenhadas cuja escrita levava os retalhos de cá para a vivência tão diferente e saudosa de lá.
 
Isto tudo para lhe dizer que hoje mesmo, ao cirandar pelo seu blog dispersamente, foi ter a um link para a sua biblioteca de A-Z. Adorei. E mais porque encontrei o registo: 1700 Serreta na intimidade Rosa Silva ("Azoriana") Nova Gráfica, Lda (Angra-Terceira) ed. 2011. Claro que consegui avistar, na imagem que encima o artigo, a lombada do meu livro.
 
Coincidência ou não, também tenho andado a colecionar os livros da minha pequena biblioteca de casa. Se quiser posso mandar-lhe a base de dados que preparei com a aplicação Access. De qualquer forma, acho louvável a sua partilha através do blog com descritores e fácil de encontrar seja qual for o tema. Parabéns!
 
Resta-me terminar esta cartinha tecnológica com um abraço agradecido e simpático para o leiriense que ama a ilha Terceira tal como aqueles que a amam.

Rosa Maria

Mais sobre mim

foto do autor

in DI Domingo. Foto de António Araújo

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

ir para / go to:

nota de abertura

Neste espaço residem pequenos fragmentos da alma serretense.
Um residente classificou-a como sendo fresca no clima e quente na hospitalidade. É, sem dúvida, uma freguesia fresca, pequena mas com uma grande alma.

É um "Cantinho do Céu", como a autora lhe chamou num dos seus artigos, já publicados no blog original "Azoriana / Açoriana".
Sob o pseudónimo de Cidália Miravento e na capa de "Azoriana", Rosa Silva vai reunindo coisas suas e de outros no intuito de divulgar a freguesia que lhe deu berço - SERRETA.

Bem-vindo à Serreta, a freguesia de Nossa Senhora dos Milagres, do concelho de Angra do Heroísmo, ilha Terceira - Açores.

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

selo

Azoriana/Açoriana (II)
Azoriana/Açoriana (II)
@ 2006 - Código

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)